BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Tem coisa que nasce conosco. Eu nasci mentindo. Acha o que quiser, achando bom ou ruim, certo ou errado, eu não ligo. Vou te ouvir, virar, e fazer o que sempre fiz. Tá no meu sangue, por detrás da pele, não tem como tirar. Sei que já furei o barco várias vezes, mas é assim. Já parei de remar há muito, o rio que tá te guiando. Não que eu tenha desistido, ou algo semelhante. Mas, sabe como é, preciso de uma moeda de troco; ação e reação. Até um tempo atrás eu tinha realmente mudado, estava determinada a continuar daquele jeito. Perca de tempo. Cansei de ser ausência, cansei de ser saudade.
Cansei de ser tempo.
Vou seguindo assim, porque ainda é véspera de carnaval. Não são mais seus versos que compõem minha música. Não é mais o teu cheiro que me remete ao silêncio. Não são as tuas piadas que me fazem abrir um sorriso.
Hoje, do sentimento, faço obra de arte.. Não é todo dia que encontramos um amor pendurado em uma bela moldura.

3 comentários:

Makotohell disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fernanda Lemos disse...

ooown que lindo *-* .
Muito, muito, muito bom post! ;D
parabéns. beijos ;*

Juliana Rodrigues disse...

Adooooro teus textos,parecem muito cmg. oO
shauhsuahsauhsaus
Tiveste alguma desilusão?? Ou fazes como eu...escreve o que vê nos outros?
Parece ser tão real.É como se tudo isso fosse com você.E acho que é.
Parabens.;*

Postar um comentário